Barra de Vídeo

Loading...

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

CARREGA PORTO: NULO FRENTE AO BOAVISTA

FC PORTO-Boavista, 0-0

Primeira Liga, 5ª jornada
Domingo, 21 Setembro 2014 - 21:00
Estádio: Dragão, Porto
Assistência: 31.209

Árbitro: Jorge Ferreira (Braga)
Assistentes: Inácio Pereira e Jorge Oliveira
4º Árbitro: Hugo Pacheco

FC PORTO: Andrés Fernández, Danilo, Maicon, Marcano, José Ángel, Rúben Neves, Herrera, Evandro, Brahimi, Jackson Martínez, Tello.
Suplentes: Fabiano, Martins Indi, Casemiro (46' Evandro), Quaresma (74' Tello), Quintero, Adrián López (82' Herrera), Aboubakar.
Treinador: Julen Lopetegui.

BOAVISTA: Mika, João Dias, Lucas Rocha, Philipe Sampaio, Carlos Santos, Tengarrinha, Anderson Carvalho, Miguel Cid, Beckeles, Zé Manuel, Anderson Correia.
Suplentes: Mamadou Ba, Brito (27' Carlos Santos), Fary, Diego Lima, Yoro Ly (89' Zé Manuel), Idris, Wei Shihao (63' Miguel Cid).
Treinador: Petit.

Ao intervalo: 0-0.
Marcadores: ---.
Disciplina: amarelo a Carlos Santos (18'), Tengarrinha (34'), Miguel Cid (61'), Lucas Rocha (66'), Zé Manuel (82'), Wei Shihao (88'), Mika (90+1'); vermelho directo a Maicon (25').


O FC Porto não foi além de um nulo frente ao Boavista, no encontro da quinta jornada da I Liga portuguesa de futebol. O dérbi, que já não se realizava há seis anos, pareceu destinado a ser adiado, face ao aguaceiro que se abateu sobre o Dragão e adiou o arranque do encontro por 45 minutos.
Julen Lopetegui promoveu seis alterações na equipa face ao jogo de quarta-feira: entraram na equipa José Ángel, Rúben Neves, Evandro, Tello e os estreantes em jogos oficiais Andrés Fernández e Marcano.
As condições não eram as ideais mas o relvado do Dragão é óptimo e resistiu muito bem ao mau tempo. O jogo começou tranquilo, o Boavista só vinha para defender. O FC Porto teve uma grande oportunidade aos quinze minutos, quando Tello ia isolar Brahimi mas a bola ficou bloqueada numa zona que estava em pior condições. No minuto 25 da  primeira parte chegou o momento do jogo, Maicon tem uma entrada dura sobre o adversário e é expulso.
A equipa azul e branca entrou melhor na segunda parte e criou algumas oportunidades. O tempo passava e a ansiedade ia crescendo. A equipa lutou mas faltou jeito para fazer o golo e o jogo acabou mesmo empatado.
O FC Porto prossegue o seu caminho na próxima sexta-feira frente ao Sporting, no Estádio de Alvalade num jogo determinante para a carreira dos portistas na Liga Portuguesa.

DECLARAÇÕES
Lopetegui: “Fizemos um esforço sensacional”

Julen Lopetegui considerou injusto o empate a zero diante do Boavista, num jogo em que os Dragões se viram em inferioridade numérica desde os 25 minutos, por expulsão de Maicon. O treinador portista elogiou a atitude e o trabalho da sua equipa, mas sublinhou que “jogar com dez jogadores é sempre difícil”.

“Não estou arrependido das opções que tomei e creio que fizemos uma exibição de grande esforço, com uma grande atitude. Criámos boas oportunidades de golo que deveríamos ter concretizado, mas infelizmente não o conseguimos. Fizemos um esforço sensacional a jogar com dez jogadores, uma situação que é sempre difícil, mas soubemos reorganizar-nos e fizemos coisas muito boas”, declarou Julen Lopetegui na conferência de imprensa que se seguiu ao desafio com os boavisteiros.

O técnico dos Dragões lamentou o exagero do cartão vermelho directo mostrado a Maicon, que não acredita que “tenha tido intenção de magoar ou agredir o jogador do Boavista”. Naquele que foi o segundo empate consecutivo do FC Porto no campeonato, Julen Lopetegui sublinha que a sua equipa fez por merecer a vitória em ambos os jogos. “Não gostamos de perder pontos e fizemos dois grandes jogos, que injustamente não conseguimos vencer”. Infelizmente, isto também é futebol”, concluiu.

Brahimi: "Tínhamos de fazer um pouco mais"

Em flash-interview após o empate (0-0) deste domingo, com o Boavista, Brahimi referiu que a equipa sabia que a partida ia ser complicada e que os jogadores não foram "capazes de encontrar a solução para marcar". O camisola oito dos portistas referiu ainda que a equipa quer "ir a Lisboa fazer um bom resultado", na próxima jornada, frente ao Sporting.

"Sabíamos que ia ser complicado. Não fomos capazes de encontrar a solução para marcar. Temos de continuar a trabalhar e ir a Lisboa fazer um bom resultado. Estamos tristes porque queríamos ganhar e só empatámos". Em relação ao Boavista, o internacional argelino referiu que defendeu "muito bem" e que é uma "boa equipa".

Quanto à expulsão de Maicon, aos 25 minutos, Brahimi foi lacónico: "Para mim não era cartão vermelho. Mas tínhamos de fazer um pouco mais para ganhar".

Sem comentários:

Enviar um comentário